by Filipa Moita

A ERP Portugal, entidade gestora de resíduos, lança desafio aos estudantes do Ensino Superior para o desenho de uma nova solução para a entrega de elétricos e eletrónicos e pilhas em fim de vida, no âmbito das suas iniciativas de Investigação e Desenvolvimento.

Com o mote “Mostra que tens pilhas de criatividade”, o ERP Eco Sustainability Award é um projeto implementado pela entidade gestora em parceria com a Associação Bandeira Azul da Europa/Programa EcoCampus e com apoio da Agência Portuguesa do Ambiente, Direção-Geral das Atividades Económicas e do APESB Young Professionals Group.

O desafio consiste na apresentação de um desenho de um Depositrão antirroubo, feito com materiais reciclados ou recicláveis, com 3 compartimentos de recolha de resíduos: elétricos e eletrónicos com potencial de reutilização, elétricos e eletrónicos sem este potencial e que devem seguir para reciclagem e pilhas.

Deve ainda ser submetido um cartaz a comunicar a importância e função do equipamento de recolha proposto, incentivando a interdisciplinaridade de áreas de formação nesta missão, transversal a todos.

Com inscrições e candidaturas a funcionar online até dia 31 de janeiro de 2020, os estudantes do Ensino Superior já podem submeter os seus projetos, com base no regulamento do prémio, disponível em www.erpecosustainabilityaward.pt.

O júri selecionará 3 trabalhos, que serão distinguidos com um prémio no valor de 3000€ cada um.

Filipa Moita, responsável de comunicação, afirma que: “O ERP Eco Sustainability Award visa introduzir ou reforçar a importância da adotação das melhores práticas de gestão de resíduos. Pretendemos alertar os estudantes do Ensino Superior para a necessidade de tornar o comportamento da entrega seletiva de resíduos um hábito, através da conceção de um Depositrão inovador, apelativo e funcional, permitindo prolongar a vida útil dos elétricos e eletrónicos com potencial de reutilização, bem como garantir a reciclagem destes resíduos e de pilhas usadas. Acreditamos que a criatividade deste nível de ensino dará origem a projetos pertinentes e com viabilidade de implementação.”