by Filipa Moita

Apresentada pela artista Sofia Cotrim, as entidades gestoras de resíduos de embalagem, REEE e RP&A lançam 8 episódios de DIY pautados por Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Divertir

O impacto da pandemia Covid-19 em Portugal e no mundo teve consequências nos hábitos de todos nós, traduzindo-se numa maior permanência em casa, mesmo após o levantamento do estado de emergência e em fase de desconfinamento.

A pensar em todas as famílias que, com este enquadramento, procuram novas formas de entretenimento, a par da missão de levar a sensibilização ambiental a todos os lares, a ERP Portugal e a Novo Verde, entidade que se dedica à gestão de resíduos de embalagens, criaram a série digital Sofia Inspira, um conjunto de oito episódios que exemplificarão como dar uma segunda oportunidade a estes resíduos, através dos famosos DIY (Do It Yoursef) e trabalhos manuais da artista Sofia Cotrim, do programa “Mundo de Sofia”.

Esta série, pautada pelos valores da redução e reutilização, e também pela diversão entre pares e famílias, estreia no próximo dia 21 de maio, quinta-feira, nas redes Instagram, Facebook, Linkedin e Youtube da ERP Portugal e Novo Verde. Durante dois meses, todas as quintas-feiras, será lançado um novo episódio em que embalagens usadas, e equipamentos elétricos e pilhas em fim de vida vão ser os atores principais de obras 100% sustentáveis e que têm como denominador comum a mensagem de sensibilização e emergência ambiental.

Rosa Monforte, diretora-geral da ERP Portugal, assinala que “Num ano especialmente diferente para todos os portugueses, em que também se celebram os 15 anos de atividade da ERP em Portugal, acreditamos que a sensibilização ambiental tem de seguir novos formatos de comunicação e formas diferenciadoras de entrar no radar dos portugueses. Vivemos uma era – agora mais do que nunca – em que o consumo é cada vez mais elétrico e eletrónico e a urgência do correto encaminhamento destes resíduos torna-se ainda mais essencial e desafiante.”

Ricardo Neto, presidente da Novo Verde, adianta que “esta iniciativa é o culminar de uma ideia que a Novo Verde sempre defendeu: uma economia circular que se rege por Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Se, por um lado, é urgente que os resíduos de embalagem sejam encaminhados para os seus corretos ecopontos e fluxos de valorização, por outro, devemos inspirar todos os portugueses para os valores do upcycling, contribuindo não só para o ambiente, como para a consciência, bem-estar e espírito inventivo de todos.”