by Filipa Moita

A ERP Portugal, entidade gestora de resíduos, em parceria com a Lipor – Sistema Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, assinala a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, que se celebra de 21 a 29 de novembro, com várias iniciativas do projeto CREW, entre elas o lançamento de um website  dedicado ao tema e ferramentas pedagógicas (jogo, vídeos demonstrativos) para por à prova toda a comunidade e incentivar a recuperação de equipamentos elétricos e eletrónicos, estendendo o seu tempo de vida útil.

Atualmente, existem quatro Centros de Recuperação de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (CREW) na região do Porto, onde o objetivo é estender a vida útil de equipamentos com potencial de recuperação, evitando o seu descarte precoce. O envolvimento e capacitação da comunidade para esta missão está na génese do projeto CREW na promoção da economia circular nas vertentes ambiental, social e económica.

Para promover este conceito, e no âmbito da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, vão decorrer atividades de incentivo à manutenção e reparação de equipamentos, educando a população para estas práticas no MAR Shopping de Matosinhos e Loulé e no Parque Nascente, em Gondomar. Nos espaços do MAR Shopping os cidadãos poderão entregar equipamentos com potencial de recuperação, que serão posteriormente reparados pela equipa CREW e doados a famílias Re-Food. O Parque Nascente irá realizar 2 sessões “Repara (n)isto” live no Instagram, onde se irão dar dicas de manutenção e reparação de um candeeiro e um ferro de engomar.

A Equipa CREW, composta por colaboradores da Lipor, reforça que “os centros CREW têm tido um papel essencial na promoção da economia circular. Nesta semana queremos promovê-los e torná-los conhecidos para ainda mais pessoas, de forma a termos um interesse crescente nesta lógica de reparação e recuperação, antes de se pensar logo na compra de um novo produto quando o que temos ainda pode ter solução”.

No mundo, são produzidos cerca de 50 milhões de toneladas/ano de REEE e, se nada for feito, estima-se que a quantidade destes resíduos irá mais do que duplicar até 2050.

Todas estas ações vão ser divulgadas no website da ERP Portugal, Facebook, Instagram e LinkedIn da entidade e, também, através de mupis na região do Porto.