O que fazemos

Eletroeletrônicos

Frontpage > O que fazemos > Streams > Eletroeletrônicos

Logística Reversa de Eletroeletrônicos

Os modernos eletroeletrônicos são feitos de recursos raros e caros, que podem ser reciclados e reutilizados se os resíduos forem gerenciados de maneira eficaz, economizando matéria-prima.

Do grande ao pequeno, da geladeira ao computador, quando os dispositivos chegam ao fim de sua vida útil são considerados Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos.  Os REEE contêm uma mistura complexa de materiais, alguns dos quais perigosos, que podem causar grandes problemas ambientais e de saúde se os dispositivos descartados não forem descartados adequadamente.

Melhorar a coleta , tratamento e reciclagem de equipamentos eletroeletrônicos em fim de vida pode

  • melhorar a produção e o consumo sustentável
  • aumentar a eficiência dos recursos
  • contribuir para a economia circular

Reciclagem

Reciclagem de Equipamentos Eletroeletrônicos – Categorias

Existem diferentes categorias de REEE, quanto à sua composição e formas de gestão, tratamento e reciclagem:

Grandes Equipamentos Domésticos

máquinas de lavar, máquinas de secar roupa, máquinas de
lavar louça, fogões;
A primeira etapa da reciclagem é a descontaminação: são removidos cabos e outros componentes elétricos; balastros, plásticos, compostos de ferro e outros metais são separados e recuperados. Esses materiais são então enviados para posterior processamento e recuperação.

Processo de reciclagem

1. Descontaminação pré trituração

2. Trituração

3. Separação

Materiais Recuperados

Cabos

Concreto

Capacitor

Plástico

Metal ferroso

Metal não ferroso

Equipamentos de troca de temperatura/Aparelhos de refrigeração

refrigeradores, freezers, aparelhos de ar condicionado.

 

Os produtos incluem geladeiras, freezers e quaisquer aparelhos com dispositivos de refrigeração, como bebedouros de água refrigerados. Alguns aparelhos também contêm gases refrigerantes classificados como Substâncias Destruidoras de Ozônio (ODS), como clorofluorcarbonos (CFC), hidrofluorcarbonos (HFC) e hidroclorofluorcarbonos (HCFC), que agora são proibidos.

 

Esses gases são capturados e tratados em plantas de recuperação de Substâncias Destruidoras de Ozônio. A despoluição de aparelhos refrigerados envolve uma variedade de processos: os compressores são descontaminados e a espuma isolante é tratada para recuperar as substâncias destruidoras de ozônio e os óleos; os metais são recuperados e revendidos, e os plásticos podem ser reutilizados para novos produtos. Óleos recuperados e substâncias destruidoras de ozônio são destruídos em um processo de tratamento especializado.

Processo de reciclagem

1. Descontaminação

2. Trituração

3. Separação

4. Descontaminação com espuma

Materiais recuperados

Gás

Óleo

Metal não ferroso

Plástico

Metal ferroso

Espuma

TV e telas/Equipamentos de exibição

Televisores, telas, LCD, monitores de pc.

O equipamento de exibição inclui tubos de raios catódicos (encontrados em aparelhos de TV e monitores de computador antigos) e TVs de tela plana e monitores de computador, como plasma e monitores de cristal líquido (LCD).

Os tubos de raios catódicos (CRT) contêm pó de fósforo perigoso, vidro com chumbo, cobre e outros metais raros. Esses materiais podem ser reutilizados para fazer novos produtos. O vidro do painel e do funil dos tubos de raios catódicos também são recuperados. O revestimento do vidro do funil é removido e o vidro é limpo para a fabricação de um novo CRT.

 

A maioria das TVs LCD utilizam lâmpadas de mercúrio para iluminar a tela. Para remover as lâmpadas, o aparelho deve ser desmontado antes de processar a tela LCD. Pesquisas estão sendo realizadas atualmente para desenvolver soluções automatizadas mais eficazes.

Processo de reciclagem

1. Desmontagem manual

2. Separação de tubo de raios catódicos (Pb, Ba)

3. Trituração e remoção de metal

4. Limpeza de vidros

Materiais recuperados

Metal ferroso

Metal não ferroso

Corpo do monitor e componentes eletrônicos

Placa de circuito

Vidro com chumbo

Vidro sem chumbo